sábado, 12 de setembro de 2009

Ponto Caseado

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Imersão com Verniz Vitral

Colaboradora: Nanci Custódio


Materiais:

- 01 vaso de Cerâmica
- Base de Artesanato Gato Preto
- Tinta Acrílica Gato Preto Branco Metálico
- Verniz Vitral Gato Preto Incolor, Violeta, Amarela, Rosa Escuro Azul.
- Solvente Gato Preto
- Pincel chato de cerdas macias n° 16 pêlo de marta tropical
- Bacia para água com altura suficiente para imergir o vaso.
- Plástico para forrar a bacia
- Lixa 400
- Palito de Madeira
- Luva plástica ou cirurgica
Passo 01
Lixe a peça e remova todo o pó.
Aplique em toda a peça uma demão de Base de Artesanato.
Passo 02
Aplique com o pincel n° 16, duas demãos em toda a peça com a Tinta Acrílica Branco Metálico. Deixe secar por aproximadamente 20 minutos.
Passo 03
Preparação para imersão:
Com a bacia previamente forrada com o plástico (para não sujar a bacia), coloque água o suficiente para mergulhar a peça.
Passo 04
Pingue 03 gotas de cada cor de Verniz Vitral utilizando o palito de madeira.
Passo 05
Ainda com o palito de madeira, mexa dispersando principalmente as mancha maiores onde se concentra a maior quantidade de Verniz.
Passo 06
Mergulhe a peça de cerâmica lentamente girando-a para que o Verniz impreguine nas paredes da mesma.
Passo 07
Enquanto seca a peça, retire a "nata" do Verniz que ficou na superfície da água com um papel toalha. Em seguida você poderá jogar a água diretamente na rede de esgoto.
Passo 08
Para fazer detalhes de acabamento aplique Verniz Vitral Violeta. Deixe secar por 3 horas.
Passo 09
Com a peça seca, aplique uma demão de Verniz Vitral Incolor por toda a peça. Não esfregue para não dissolver e borrar as manchas

CACHEPÔ DE GARRAFA PET

Revista: Jornal

Revista Cestaria de Jornal

Porta Retrato de Jornal

Material:


Folhas de jornal
Papelão
Tinta Látex
Cola Branca
Goma Laca
Betume
3 pincéis
Pasta metálica
Acetato

Modo de Preparo:

Corte o papelão, no formato de um porta retrato, em duas partes: a parte da frente e a parte de trás (que é o suporte). Separe. Amasse uma folha de jornal. Passe cola branca, na parte frontal do papelão e coloque por cima o jornal amassado, de forma que fique com relevos. Faça o arremate, cortando o jornal para que fique no mesmo formato que o porta retrato. Faça pequenos canudos de jornal e coloque na parte de trás, deixando a abertura para foto. Misture a cola com a tinta látex e passe em toda peça. Depois que estiver seca, passe a goma laca. Espere secar e passe o betume. Para finalizar, passe pasta metálica nos relevos. Una as duas partes (frontal e parte de trás), colocando acetato para proteger a foto.

Site: http://www.boasnovas.tv/programas/espacofeminino/index.php?option=com_content&task=view&id=52&Itemid=28

Porta Jóia de textura em Jornal

Materiais:

1 caixa de MDF
Jornal
Cola branca
Óleo de cozinha
Tinta PVA Branca
Tesoura
Pano
Pátina glaze
Pincel
Colher

Modo de Fazer:
1º: Amassar o papel.
2º: Misturar a tinta branca PVA com um pouco de cola transparente e 1 colher de chá de óleo.
3º: Passar com um pincel essa mistura na caixa.
4º: Pegar o jornal e ir colocando o jornal.
5º: Cortar a sobra do jornal com a tesoura.
6º: Com a mesma mistura, pintar o jornal e esperar secar.
7º: Pintar novamente o jornal até sumir todos as letras.
8º: Com o pincel passar a pátina glaze sobre a textura de jornal.
9º: Retirar o excesso de pátina com o pano.
10º: Lavar o pincel com água assim que acabar de usar, pois a tinta glqze cria uma película no pincel.

Site: http://www.boasnovas.tv/programas/espacofeminino/index.php?option=com_content&task=view&id=56&Itemid=28

Chaveiro de Fuxico

Material:
20cm de tecido
acrilon
4 miçangas
1 argola de chaveiro
2 olhos
8 tufinhos de lã
Linha pesponto
1 agulha
Tinta alto relevo para tecido
Tesoura
Alicate
Cola quente

Bandeja em jornal

Materiais:

Papelão
Canudos de jornal
Pregador de roupa
Cola branca
Tinta látex bege
Verniz acrílico
Betume
Pincéis
Pano macio

Passo a passo:
Cortar e papelões em forma oval, distribuir 27 canudos em volta do papelão. Colar mais um, que será o trançado, com esse canecão ir formando a bandeka, passando por dentro e por fora até completar 7 voltas.

Depois de completar as voltas, fazer o arremate.

Colar uma trança as voltas da bandeja deixando um espaço pra formar a alça.

Passar tinta látex, aguardar a secagem, Passar o verniz acrílico e depois passar o betume, tirando o excesso com um pano macio. Decorar como desejar.

Site: http://www.boasnovas.tv/programas/espacofeminino/index.php?option=com_content&task=view&id=248&Itemid=28

Arranjo com vaso em biscuit

Materiais:


Tubo de vidro
Cola branca
Rolo liso
Massa de biscuit, branca e salmão
Rolo decorado
Carretilha
Pincel macio
Verniz geral
Jornal e papel de seda amassado
Argila
Musgo
Capim decorativo
2 raminhos de flores pequenas
2 raminhos de mini rosas
Essência
Passo a passo
Limpar bem o tubo de vidro, passar cola e forrar com a massa de biscuit mesclada. (Pegar um pedaço de massa branca e um pedaço de massa salmão, torcer e abrir com rolo liso).
Passar o rolo texturizaso, deixar secar e envernizar com verniz geral. Montar o arranjo e colocar o jornal e o papel seda amassado dentro do tubo para dar volume.
Colocar argila embrulhada no papel filme, colocar musgo e distribuir o campim decorativo e as flores.

Mandalas (riscos)

A palavra mandala vem do sânscrito e significa círculo, organização em torno de um centro.

Para hindus e budistas, a mandala é um instrumento de meditação, um meio de comunicação entre o mundo externo e o interno.
Na psicanálise, as mandalas podem representar um desejo inconsciente de organização e, portanto, de cura.
Na prática, a mandala nada mais é do que um círculo com pintura ou decoração feita normalmente de dentro para fora.

Bola Grão de Bico


Material:


Cola quente
01 bola de isopor
Grão de bico

Passo a passo

Veja no site: http://artesanatossempre.blogspot.com/2009/06/bola-de-grao-de-bico-topiaria-passo.html


O processo para fazer as topiarias de rosa, lentilha, feijão, café e trigo é o mesmo ( já explicado) do grão de bico.


Artesanato na Rede

Faça tigelas com discos de vinil

01. Escolha um disco que você (claro) não se importe em reaproveitar. O legal é pegar um que tenha o rótulo bem bacana, pois esse será o fundo da sua tigela de vinil. Será preciso também uma tijela de aluminio que seja do tamanho aproximado da tigela que iremos moldar e um tabuleiro velho.
02. Coloque o tabuleiro no forno (pré aquecido a uma temperatura aproximada de 200°), com a tigela de alumínio de cabeça para baixo e assentando o disco de vinil nela. Deixe por 8 a 10 minutos.
03. Depois dos 8 ou 10 minutos (utilizando uma luva protetora, essas de cozinha mesmo), retire o tabuleiro do forno e certifique-se que o disco esteja maleavel, ele seca rápido por isso você terá alguns segundos para coloca-lo do jeito que quiser. Mas não se esquece que a tigela de aluminio e o tabuleiro ainda estarão bem quentes.
04. Peque o disco e o coloque dentro da tigela de alumínio. Assim, o disco tomará forma de tigela. Agora, você pode molda-lo como quiser. Se ficar duro, volte com o tabuleiro para o forno por alguns minutos.
05. Sua tigela de vinil está pronta para o uso. Pode utiliza-la como fruteira, vaso de planta, ou algo assim.
Site: http://91.121.16.4:84/promo.php?compte=534461433421&path=002015&lg=pt&cat=artes&sous_cat=artesanato&lg_nav=pt

Flores de papel

Material Necessário

Papel
Tesoura
Cola
Haste para fazer a flor

Modo de fazer (fotos no site)

Corte um pedaço de papel no formato de pétala e amasse-o. Isso é necessário para o papel ficar mais maleável e para dar um efeito especial na pétala. Enrole o papel como mostrado nas figuras acima como se fosse um canudo mais aberto na parte superior.


Corte mais uma pétala e enrole em volta da pétala anterior. Enquanto enrola, passe cola para fixar.
Continue adicionando pétalas ao redor das anteriores e formando a flor. Para as pétalas mais externas, apenas vá colando em volta, sem dobrar muito.
Adicione um cabinho à sua flor. Pode ser um arame coberto com papel, um ramo seco, ou qualquer outro material que você tenha disponível em sua casa.
Experimente também outros tipos de materiais para compor suas flores.

Fonte: http://www.instructables.com/
http://www.revistaartesanato.com.br/category/reciclagem

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

Revista Luminária em Jornal

Revista Jornal


Download no site: http://agulhaetricot.blogspot.com/2009/08/download-revista-arte-em-jornal-n29.html

Vale a pena!

Cola Caseira

Receita


01 copo tipo (requeijão) de água
01 colher (sopa) bem cheia de farinha de trigo
01 colher (sopa) de vinagre

Preparo

Junte todos os ingredientes em uma panela pequena,mexa bem até dessolver a farinha, em seguida leve ao fogo brando mexendo até cozinhar .Obs: quando não tiver usando tampe e guardar na geladeira.



Site: Blog da Cissa Mesquita
http://tricocomceci.blogspot.com/2009/05/cesta-de-jornal-tecnica-modelagem-com_11.html

http://modelagemcomjornal.blogspot.com

Colar com Fuxico



Vejam o passo a passo no site: http://vanessarte.blogspot.com/2009_06_01_archive.html

Vaso Ornamental com Filtro de Café

INGREDIENTES
- 1 balão (destes de aniversário)
- cola branca
- água
- tesoura
- filtros de café usado
- um balde ou vaso para apoio
- pincel

MODO DE FAZER
Primeiro passo
- Inicie inflando o balão ,pode ser qualquer tamanho. Amarre as pontas para não esvaziar.
- Encaixe o balão num balde, com o nó de cabeça para baixo.
- Limpe os filtros de café , tirando o excesso de pó, e rasgue- os. (pode lava-los tb - use-os ápós a secagem)
- Misture cola branca com um pouco de água para diluir.
- Comece colar retalhos do papel filtro (ou jornal) em toda superfície do balão.Deixe secar,e vire ele com o nó para cima e continue a colagem. Deixe um espaço aberto para a abertura do vaso.
- Estando esta etapa completa ,deixe secar e vai repetindo essa operação mais ou menos cinco vezes.È fantástico para estimular nossa serenidade, pois exercita nossa paciencia.

Segundo passo
- Depois de bem seco,utilize a agulha de costura e fure o balão. Que estará dentro da peça confeccionada, e ao mesmo tempo endurecida. O balão furado sairá com toda facilidade.
- Pegue a tesoura e recorte as rebarbas da abertura do vaso.
- Dê um acabamento com a fita ou cordinha. Fica rústico,ecológico,econômico e maravilhoso.

Massa de Biscuit

Material


2 xícaras de chá de Maizena
2 xícaras de chá de cola Cascorez Extra (rótulo azul) ou cola Cascorez Porcelana Fria
1 colher de sopa de suco de limão (age como conservante)
2 colheres de sopa de vaselina líquida
1 colher de sopa de creme para mãos (não gorduroso)
Tigela de vidro (para microondas) ou panela com revestimento anti-aderente (para fogão)
Colher de pau
Modo de fazer
Misture todos os ingredientes na tigela, com exceção do creme para mãos não gorduroso. Mexa bem até dissolver completamente a Maizena.


Coloque a tigela no microondas e ligue-o durante 3 minutos em potência máxima. Abra o forno a cada minuto e mexa a massa com a colher de pau, para que cozinhe toda por igual. Variações na rede elétrica, diferenças no tamanho da xícara usada como medida e os diferentes modelos de fornos de microondas podem alterar o tempo de cozimento da massa. Por isso é essencial que você observe-a minuto a minuto. Se necessário, deixe-a por mais um ou dois minutos no microondas, até que esteja cozida por igual, sempre mexendo a cada minuto passado.

Assim que a massa estiver cozida, espalhe o creme para mãos não gorduroso (apenas 1 colher de sopa, como indica a receita) sobre uma superfície de pedra ou de mármore, e despeje a massa, ainda quente. Quanto mais quente a massa estiver ao ser sovada, melhor o resultado.


Sove a massa por vários minutos seguidos. Na verdade, quanto mais você sovar, melhor ela ficará para trabalhar.

Quando a massa estiver bem sovada, faça um rolo, evitando assim a formação de bolhas de ar.


Coloque a massa num saquinho plástico bem fechado ou envolva-a em filme plástico de cozinha, para evitar que resseque.

Como preparar a massa no fogão

Misture bem todos os ingredientes (com exceção do creme para mãos não gorduroso) na panela com revestimento anti-aderente e leve ao fogo brando, mexendo sem parar com a colher de pau, até que a massa forme uma bola e se solte do fundo e das laterais. Tome cuidado para evitar que as sobras que costumam ficar na borda da panela não se incorporem à massa. Depois de pronta, espalhe o creme de mãos sobre um tampo de mármore ou de outra pedra e sove-a por vários minutos, ainda quente. Acondicione-a num saquinho plástico bem fechado, para não ressecar, ou envolva-a em filme plástico para cozinha.


Para tingir


Com cores fortes de tinta a óleo

Faça um rolinho de massa com as mãos e adicione um pouquinho de tinta a óleo na cor desejada. Manuseie bem a massa até que fique colorida por igual. Se necessário, acrescente mais tinta, até alcançar a tonalidade desejada.

Tonalidades pastel

Utilize uma pequena quantidade de tinta a óleo ou tinta para tecido na cor desejada e adicione tinta a óleo na cor branco de titânio para suavizar a tonalidade e evitar que o trabalho pronto fique transparente. Manuseie bem, até que a massa fique colorida por igual.

O vermelho

Para obter massa vermelha, nós indicamos o uso de corante universal, vendido em bisnagas em todas as lojas de tintas do País. As marcas mais apropriadas para o tingimento da massa de biscuit são Xadrez, Globo e Suvinil. A tinta a óleo vermelha tem um pigmento que modifica a consistência da massa, prejudicando o resultado do trabalho. Para tingir a massa com corante, adicione uma pequena quantidade e manuseie até que fique colorida de forma homogênea. Se necessário, acrescente mais algumas gotas de corante até obter o tom de vermelho desejado.


Ferramentas importantes

O Cilindro

Tem a propriedade de "esticar" grandes quantidades de massa por igual, de modo que fique da mesma espessura. Esta espessura é regulável e ele é operado sem qualquer dificuldade. Basta achatar a quantidade de massa desejada e passá-la entre os rolos. Para pequenas quantidades de massa pode ser substituído por um caninho de PVC.

A Máquina Extrusora (exclusividade Anna Modugno)

Antes de utilizar o aparelho, passe um pouco de vaselina líquida no interior do tubo e na rosca. Isto facilitará a limpeza posterior. Faça um rolinho de massa com as mãos e preencha o tubo em toda sua extensão, pressionando bem a massa para evitar a formação de bolhas de ar. Coloque o disco desejado na rosca, rosqueando-a até o fim. Então, gire a manivela num ritmo constante para produzir a tira de massa. Limpe a Extrusora assim que terminar de utilizá-la, removendo todos os resíduos de massa do tubo, da rosca e do disco. Uma dica: a massa utilizada na Extrusora deverá estar bem firme, para que não deforme ao sair em tiras.


Cortadores

São peças metálicas vazadas que cortam a massa após esta ter sido passada pelo cilindro. Permitem a padronização dos trabalhos e aumento da produtividade.

Moldes de Silicone

São os grandes responsáveis pelo sucesso do biscuit nos últimos anos. É só colocar a massa no interior de sua cavidade, pressionar bem e retirá-la para secagem. Com eles, ninguém precisa ser um grande artista ou ter grandes habilidades manuais para que os trabalhos fiquem perfeitos.

Dicas essenciais

O segredo de uma boa textura está em sovar a massa enquanto ainda estiver bem quente, utilizando apenas a quantidade de creme para mãos indicada na receita: 1 colher de sopa.

A massa só pode ser utilizada assim que estiver completamente fria.

Quando estiver trabalhando, mantenha toda a massa que não estiver sendo utilizada recoberta por um plástico ou por filme de cozinha, para que não resseque. Esta dica vale também para tiras, trançados e massa passada pelo cilindro que você não estiver utilizando naquele momento.

Deixe para tingir a massa na hora de usá-la. Evite guardar grandes quantidades já tingida.

Muito importante: se você trabalha com crianças, não deixe que coloquem a massa na boca e, muito menos, que engulam-na. A cola utilizada tem baixo grau de toxicidade mas, mesmo assim, não deve ser ingerida.

Dúvidas mais frequentes sobre a massa de biscuit


1. Qualquer cola branca pode ser utilizada na receita ?

Não, a cola que testamos e aprovamos é a cola Cascorez Extra rótulo azul da Alba Química (Brasil) e Glue-All da Elmer's (EUA).

2. Minha massa fica dura (ou mole) demais e difícil de trabalhar, por quê ?

A massa de biscuit quando passa do ponto além de endurecer, fica emborrachada. Quando não está no ponto, fica mole e pegajosa. Para que isso não aconteça, observe a partir do segundo minuto quanto tempo mais deverá ficar no forno. O ponto certo para começar a sovar é quando, ao se levantar a massa da tigela, ainda exista um pouco de cola no fundo, com a aparência de um creme. Retire tudo da tigela (inclusive este creme), coloque em uma superfície lisa untada com um pouco de creme para mãos não gorduroso e acrescente o restante (até completar uma colher de sopa) conforme for sovando. Ao terminar de sovar, a massa deverá estar macia. Embale-a em um saco plástico imediatamente.

3. Quando faço a massa de biscuit no fogão, ela fica cheia de grumos, por quê ?

Em primeiro lugar, misture muito bem todos os ingredientes (com exceção do creme para mãos), dissolvendo bem a maisena, antes de levar ao fogo. Ao cozinhar, cuidado para que as sobras que muitas vezes se alojam nas bordas da panela, não se incorporem à massa, causando assim esses grumos.

4. Eu posso acrescentar maisena na hora que estiver sovando a massa ?

Não se acrescenta nada ao sovar a massa de biscuit, com exceção de uma colher de sopa de creme para mãos não gorduroso. As peças quebradiças depois de secas devem-se justamente à adição de maisena crua à massa já cozida.

5. Posso usar um creme para mãos que contenha gordura ? Quais as marcas de creme indicadas ?

Não, o creme com gordura deixa a massa esfarelada. As marcas mais utilizadas são BELLA BEL, YAMÁ, MAGILENA e SEARLY.

6. Quando colocamos a massa de biscuit ainda quente no saco plástico este apresenta gotículas de água. O que devemos fazer ?

Devemos trocar o saco e enxugar a massa com pano limpo quantas vezes esse problema se apresentar.

7. Eu posso guardar a massa de biscuit na geladeira ?

A massa se conserva bem armazenada em sacos plásticos bem fechados, mas se na sua região o clima ou a temperatura estiver muito quente aconselha-se a colocar na geladeira.

8. Como devo proceder quando a massa pronta e embalada cria uma camada de bolor ?

A massa fica com uma camada de bolor quando é utilizada uma quantidade excessiva de creme. Para que isso não ocorra, coloque sempre a quantidade indicada de creme. Se o clima da sua região for muito quente, pode-se armazenar a massa na geladeira.

9. Quanto tempo dura a massa de biscuit ?

A massa bem embalada em saco plástico herméticamente fechado dura de 30 a 45 dias.

10. Quando a minha massa fica dura, eu posso reaproveitá-la ?

Você pode reaproveitar, juntando à essa massa uma outra mais macia que você fizer. Pode também embrulhá-la num pano de prato e colocá-la para receber vapor de uma panela com água, e assim ela voltará ao normal. Sove-a novamente, e embrulhe-a no saco plástico.

11. Quando estamos trabalhando com a massa de biscuit, qual a precaução que devemos ter para que ela não resseque ?

Devemos mantê-la sempre embalada em saco plástico e tirar da embalagem apenas a quantidade de massa a ser utilizada. Quando o trabalho necessita de grande quantidade de massa já esticada, devemos mantê-la sempre coberta com plástico para o ar não ressecá-la.

12. Por que quando faço modelagem, principalmente de bolinhas, a massa fica com rachaduras e não consigo uni-la uniformemente ?

Ao fazer modelagem, principalmente de bolinhas, devemos enrolar com a palma da mão, apertando e pressionando fortemente, para que fique uniforme e sem fendas.

13. Quando faço tiras com a extrusora, elas saem arrepiadas, por que isso acontece ?

A massa ao sair da extrusora fica arrepiada porque está com grumos por dentro. Geralmente isso acontece quando ela é feita no fogão. Para que isso não ocorra, a massa deverá ser bem sovada antes de ser colocada na extrusora. Ela deve estar bem trabalhada e lisa. Observe também se não há resíduos de massa seca dentro da extrusora.

14. Quais tintas podem ser utilizadas para tingir a massa ?

Pode-se usar tinta à óleo para tela, tinta para tecido (para obter cores claras) e corante para látex.

15. Qual é o verniz que pode ser aplicado para dar acabamento ao biscuit ?

Dependendo do trabalho feito, deixe a peça secar e aplique verniz geral, vitral, madrepérola ou goma laca.

16. Por que em trabalhos feitos com massa tingida, depois de secos, a cor escurece ?

Ao tingir a massa, procure deixar numa tonalidade abaixo da cor desejada, porque é normal escurecer depois do trabalho seco.

17. Por que quando tinjo a massa em tons claros, o trabalho fica transparente ?

Quando tingimos a massa com tons claros, devemos colocar um pouco de tinta a óleo branco de titânio (de acordo com a quantidade a ser tingida), porque o mesmo deixa a massa ficar leitosa e sem transparência.

18. Quanto tempo demora para secar uma peça de biscuit ?

A secagem depende do tamanho do trabalho, um imã de geladeira, por exemplo, demora em média 24 horas para secar por completo.

19. Por que o trabalho, ao secar, empena deixando a peça torta ?

Quando trabalhamos com peças lisas e grandes, devemos deixá-las secar com um peso em cima (lista telefônica por exemplo), para não deformar a peça. A massa de biscuit ao secar encolhe aproximadamente 20%.

20. Como acelerar o processo de secagem das peças em biscuit ?

O correto é que as peças sequem ao ar livre, pois deste modo elas secam por inteiro. Através de outros métodos, o trabalho seca superficialmente e o seu interior ainda fica úmido, correndo o risco do aparecimento de bolor. Secador de cabelos, ventilador ou secadora de roupas podem ser usados para acelerar o processo de trabalhos com espessura fina.


Veja o passo a passo ilustrado no site http://www.modugno.com.br/Aulasvirtuais/Recmassa/Recmassa.html

Massa fria para Biscuit

Abaixo vão duas receitas de massa de biscuit que não vão no fogo nem no micorondas. biscuit frio é também conhecido como Biscuit Peruano.


Receita de massa fria para biscuit I

- 2 xícaras de chá de amido de milho
- 1 xícara de chá de cola branca
- 1 colher de sopa de vaselina líquida ou óleo de cozinha
- 1 colher de sopa de suco de limão ou vinagre branco
- 1 colher de sopa de creme para as mãos (não gorduroso)

Misture tudo e está pronto. Use o creme de mãos para sovar a massa.

Durabilidade: 1 mês no saquinho plástico sem ar e fora da geladeira

**************
Receita de massa fria para biscuit II

- 1 xícara de café de amido de milho
1 xícara de café de farinha de trigo;
1 xícara de café de cola branca e
1 colher de chá de creme para mãos não gorduroso.

Misture bem os ingredientes, sempre mantendo as mãos pulverizadas com um pouquinho de farinha de trigo, até a massa adquirir uma textura elástica.

Conserve-a embrulhada em filme plástico

Site: http://adorobiscuit.blogspot.com/2005/08/massa-fria-para-biscuit.html

Bandeja c/ Alça e Biscuit


Tramada em jornal;

Fundo em MDF 3mm;

+- 7 cm de altura;

Dimensões: 42 x 29 x 7 cm;

Decoração em Biscuit.
 
 
Site: http://www.artesanatoemjornal.com/loja/product_info.php?products_id=41&osCsid=9648fc1d74653d2096cf3a85026e63e1

Decoupagem em vidro

Materiais

• 1 garrafa limpa e seca
• Guardanapo para decoupagem
• Pincel macio
• Tesoura de ponta

Passo a Passo

1. Passar duas demãos de Tinta Decorfix branca na garrafa, incluindo a boca e o fundo, intercalando secagem entre as demãos;

2. Retirar as duas películas do guardanapo com cuidado;

3. Planejar a colocação do papel na garrafa;

4. Firmar com os dedos o guardanapo e ir passando sobre ele a Cola Gel com um pincel, cuidando para fixá-lo bem na superfície e alisando com o pincel para tirar as bolhas de ar;

5. Deixe secar bem;

6. Passar uma demão de Verniz Acrílico fosco;

7. Depois de seco, passar uma camada fina de Cera incolor para finalizar o trabalho com um acabamento mais delicado.

DICA

1. Enquanto estiver colando o guardanapo na garrafa, deixe umas sobras de papel no gargalo e no fundo, irá facilitar a colagem nestes locais.

Site: http://www.pintandofacil.com.br/

Empresas da Arte

http://www.corfix.com.br/

http://www.pintandofacil.com.br/

http://www.cafecomarte.tv/

http://www.cristinabottallo.art.br/passo.htm

http://www.artesanatonarede.com.br/

http://www.fazfacil.com.br/artesanato/mosaico.html

http://www.programaartebrasil.com.br/

http://www.divertarte.com/como_fazer2.htm

http://www.cristinaburdelis.com.br/

http://www.tudoarte.com.br/index.html

http://www.acrilex.com.br/

http://www.casadaarte.com.br/

http://www.tokecrie.com.br/home/

Jarro de PET

Achei na internet. Quem tiver o passo a passo, gentileza nos enviar.

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Luminária com cano PVC

Material
- Micro Retifica Black & Decker
- Cano PVC
- Coador de café usado (lavado e seco)
- Cola branca (rótulo azul)
- Pincel
- Madeira para base
- Tinta acrílica
- Anilina (usei na cor cedro)
- Risco de sua preferência
- Lixa para ferro
- Rabicho completo (fiação , liga e desliga e tomada)
- Soquete
- Ráfia
- Cola quente
- Lâmpada bolinha 15W
- Chave de fenda
- Fita crepe

1 ) Passe cola no cano Pvc
2) Cole o coador de café usado (já cortados ou rasgados) e passe cola por cima
3) Coloque o risco por cima e prenda com fita crepe
4) Faça furinhos com a micro retífica Black & Decker acompanhando o desenho
5) Com a lixa de ferro lixe levemente as rebarbas
6) Pinte com com anilina misturada com álcool (faça essa mistura em um recipiente descartável)
7) Com a tinta acrílica pinte a base de madeira
8 ) Passe a fiação de fora para dentro
9 ) Enrole a ponta do fio no parafuso do soquete
10) Parafuse no soquete
11) Parafuse o soquete na base de madeira já pintada (ele já tem um orifício próprio para isso)
12) Já coloque a lâmpada
13 ) Com a cola quente , cole a ráfia (aqui eu tingi com a própria anilina que foi tingida a luminária )
14 ) Passe cola quente na ráfia para ser colada na base de madeir
Site: http://passoapassoartesanatofeitoamao.blogspot.com/2009/06/luminaria-em-cano-pvc-por-drica-recicla.html

Dicas para dar um determinado acabamento em peças de madeiras e MDF:

Fundo para madeira
Existem vários produtos que podem ser utilizados com base, ou melhor fundo, para posterior aplicação de tinta. Sua função é proteger a madeira e tirar suas imperfeições. Importante: Ao utilizar fundo sintético deve-se mexer bastante, retirando o acúmulo do fundo da lata.
Primer Daiara;Fundo branco de vários fabricantes;Fundo sintético nivelador para Madeiras da Coral;
Se o trabalho é simples e sem maiores pretensões para vendas, o mais prático e rápido ainda é utilizar tinta branca PVA, principalmente com peça em MDF.

Envelhecimento
Laca incolor deve ser utilizada para impermeabilizar a peça antes da aplicação do betume no envelhecimento.Goma laca indiana (asa de barata) utilizada na peça de madeira deixando-a levemente amarelada, envelhecida. Também pode ser utilizada como fundo para posterior aplicação do betume no envelhecimento.

Betume – dissolva o betume em água raz antes da aplicação. Após, aplique sobre a goma laca (ou verniz) limpando em seguida com um pano.

Médium envelhecedor – base água – aplique o médium envelhecedor delicadamente com um pano macio, pincel ou esponja, em um projeto já acabado, retirando o excesso antes de secar.

Acabamento acetinado
Verniz acrílico deve ser utilizada para que a peça fique com aspecto acetinado.

Brilho
Verniz geral deve ser utilizado para que a peça fique com aspecto brilhante.

Purpurina
Utilize o Colante mordente da Daiara para dissolver a purpurina antes de aplicar na peça.

Tingimento da madeira
Médium envelhecedor – base água – (ação de stain) aplique o médium delicadamente com um pano macio, pincel ou esponja na madeira crua, podendo estar envernizada, selada ou não.

Pátina usual
Existem várias opções para dar um acabamento patinado de modo usual. Na pátina usual deverão aparecer os veios do látex aplicado como fundo ou base, criando um contraste entre 2 cores: · Aplique 2 demãos de tinta PVA, por exemplo na cor branco, após deixe a cor contrastante, por exemplo azul, aguada e aplique na peça. Após secagem, lixe com cuidado para que apareçam os veios onde se verá o branco do fundo;
· Utilize no lugar da cor contrastante um glaze. Ou tom sobre tom, azul com azul, por exemplo. Aplicado com pincel e deve ser retirado com pano antes da secagem;
· Suave pátina com aparência antiga. Neste caso utilize o Médium envelhecedor – base d’água.

Craquelê
Quando utilizados materiais de qualidade o acabamento é dos mais bonitos, fora a bela reação durante a secagem final, quando existe a quebra do material de acabamento.

Marmorizado
Quando uma superfície externa toma o aspecto do mármore, apresentando-se com raias e veias que imitam essa rocha. Pode-se aplicar a técnica da marmorização em paredes, móveis e outras bases, para conferir-lhes um aspecto de solidez. Na marmorização é possível imitar somente os desenhos (colunas e peças de gesso) ou a reprodução fiel das cores existentes nos mármores (paredes, móveis e pequenas peças. Use e abuse de sua criatividade.

Estuque
Revestimento ou ornatos feitos com uma massa preparada com gesso, água e cola. Para aplicar esta técnica com facilidade utiliza-se a massa corrida para dar relevo à superfície, que pode ser parede, madeira (móveis) e outros objetos. O segredo está no movimento que se faz com a espátula ao aplicar a massa corrida, e até utilização de espátulas especiais. A técnica Estuque pode ser feita com papel de seda, e é simples. Passe cola na peça (uma boa quantia, sem exagero), amasse o papel de seda e cole. Quando secar pinte com tinta látex, e após secar pinte com esmalte sintético acetinado, utilizando um pano ou estopa. Dissolva as tintas em aguarrás.

Site: http://passoapassoartesanatofeitoamao.blogspot.com/2009_06_01_archive.html

Vaso de pet e jornal

Materiais

Garrafa pet
Folhas de jornal
Cola caseira
Pincel chato pela macio nº 20
Tinta pva acrílica cores telha, ouro e branco
Tesoura
Pedaços de pano macio


Passo a passo

1 - Corte a garrafa pet ao meio
2 - Divida também as folhas de jornal ao meio
3 - Aplique cola caseira com as mão nos dois lados da folha para quebrar as fibras do jornal.
4 - Aplique uma grossa camada de jornal na parte debaixo da Garrafa.
5 - Encape toda a garrafa com folhas de jornal.
6 - Para fazer o laço divida uma folha de jornal ao meio, faça tipo um cipó e amarre com cuidado em volta do vaso e deixe secar por três dias.
7 - Depois de seco de duas demãos de tinta branca e deixe secar.
8 - Em seguida aplique a tinta doura em volta do laço.
9 -Para dar o efeito de pátina, aplique a tinta cor telha aos poucos e sempre limpando para dar o efeito desejado.

Site.:http://www.cissamesquita.blogspot.com/

Maior Diretório de artesanato do Brasil

Confiram, vale a pena!

http://www.lulu.com/items/volume_62/1123000/1123999/1/print/Artesanato_296_Passo_a_Passo_gratis.pdf

Jogo da velha

Materiais:

- Duas caixas de fósforos grandes
- E.V.A. nas cores: verde (claro e escuro), roxo, vermelho, amarelo e laranja
- Canetinha preta
- Tesoura sem ponta
- Cola

Como fazer?

- Cole as duas caixinhas, uma ao lado da outra.
- Cole E.V.A. verde claro em cima e embaixo.
- Nas laterais, que antes eram usadas para risacar os fósforos, cole E.V.A. roxo.
- Com a canetinha preta, faça o desenho do jogo da velha, lembrando que são 9 “quadradinhos”.
- Agora faça as peças.
- Corte 5 para cada jogador, se preciso use uma tampinha de garrafa como medida. Você pode fazer as peças iguais as que fiz. Para ficar mais fácil de cortar, desenhe antes com um lápis e se errar o desenho é só apagar e tentar novamente. Corte todas as peças e cole-as.
Agora você já pode jogar, e quando quiser guardar o joguinho, é só usar o interior das caixinhas de fósforos como gavetas, uma para cada jogador!
Bom jogo!!!!!

Chaveiro de borboleta em tecido

Você vai precisar de:

• Agulha para costurar mais grossa;
• Linhas de crochê;
• Fibra siliconada para encher;
• Miçangas, pedrinhas e paetês para decorar;
• Fitas coloridas
• Pingente de tecido colorido
• Molde do desenho de sua preferência
• Corrente e peça de chaveiro







Passo 1: Corte o tecido de acordo com o molde. Eles são facilmente encontrados em revistas de artesanato e podem ser feitos em papelão ou cartolina, que são materiais mais resistentes. Você vai precisar de dois recortes para o corpo, lembrando que são duas partes de dentro e duas de fora, em cores diferentes.
















Passo 2: Costure a parte menor na maior usando a linha de crochê colorida, fazendo laços a cada ponto. Faça isso com as duas partes da borboleta.

Passo 3: Agora, você vai costurar os dois lados. Rosemar alerta para que tenha atenção nesta hora. Não feche tudo, pois você vai precisar de um espaço para colocar a fibra siliconada.

Passo 4: Coloque a fibra siliconada dentro da borboleta. O segredo é apertá-la bem para que fique firme edeixe a borboleta bem durinha. Rosemar aconselha usar a ponta de uma tesoura para colocar a fibra.

Passo 5: Acabe de fechar a borboleta.

Passo 6: Use as miçangas e paetês para bordar. Rosemar diz que deve-se puxar bem a linha para que o bordado não fique solto.

Passo 7: Use as pedrinhas e o pingente de tecido colorido para montar um cordão. Ele vai ser colocado na parte de baixo da borboleta. Não há necessidade de passar a linha até a parte de cima, então deve ser costurado em baixo. Depois, monte as peças do chaveiro e costure na parte de cima.

Passo 8: Amarre as fitas coloridas junto à peça do chaveiro.

















Site: http://www.comocriar.net/2009/08/artesanato-passo-a-passo-de-como-fazer-chaveiros-em-tecido/

Download da Revista Faça e venda





Boa Sorte


















Tricô - Cachecol de tricô ponto dupla face


Material
Lã azul jeans 200g
Agulha de tricô nº6
Agulha de crochê nº 4,5
Tesourinha


Passo a passo

1) coloque 30 ptos na agulha ( tem que ser múltiplo de 3)
2) um trico, uma laçada e dois pontos juntos em tricô (seguir este ponto até chegar 140 cm)
3) arremate: Faça dois pontos juntos em tricô e volte um ponto da agulha direita para a esquerda e novamente faça dois pontos juntos em tricô assim sucessivamente até o final da carreira. Corte e passe o fio pela laçada. Aperte bem.
4) Coloque a franja



Embalagem para presente


MATERIAL
- embalagem de leite longa vida
- filtro de café de papel
- barbante
- tesoura
- vasilha
- cola branca

- pincel 50 mm
- sementes ou grãos de café


MODO DE FAZER
Higienize bem a caixa para tirar o cheiro do produto. Tire toda a película que reveste a caixa.Corte a parte de cima da caixa para deixar de aberta, deixe a da parte de trás maior, para servir de tampa.Revista a caixa toda com os filtros de papel, deixando sempre as costuras nas bordas e não sobreponha muito. Deixe secar por 4 horas. Faça um furo para o barbante.Passe uma mão de cola pura na peça toda e espera secar. Decore com sementes ou grãos de café.



Móbile de PET


Materiais:
Garrafa Pet
Tesoura sem ponta
Tinta Squizz
Máquina All Star
Fita
Cola contato


Passo a passo:
Cortar a garrafa pet em 12cm a partir do gargalo
Faça desenhos com a tinta Squizz na parte de fora da garrafa
Com a tesoura, corte a garrafa em espiral, com a distância de 1cm e meio;
Faça um furo no meio da tampinha da garrafa
Dobre a fita no meio e passe pelo furo, depois de um nó
Recorte o E.V.A. com as facas da máquina All Star (molde borboleta) e cole na garrafa com a cola contato.


Site: http://www.dicasdeartesanato.com.br/ntc/default.asp?Cod=416

Técnica One Deck - acabamento de garrafa Pet


Antes de iniciar seus trabalhos, limpe as garrafas com detergente. Não use sabão em pedra, pois elas ficarão embaçadas. Para retirar as marcas de cola use o tinner mas também pode utilizar querosene e bombril.
O álcool só sera usado para retirar as marcas do pincel atômico. Não faça essa limpeza no momento em que estiver fazendo a perfuração ou o acabamento.
No corte das garrafas, sempre deixe de 1 a 2 cm a mais para fazer o acerto da peça e o acabamento.


Técnica One Deck
1 - Antes de iniciar o acabamento, enxugue bem cada peça. Se estiver molhada, a peça poderá ficar deformada. Aqueça uma chapa de metal no fogão e coloque sobre ela um retalho qualquer de pet;
2 - Quando o retalho começar a fazer voltas, a chapa está na temperatura ideal. Você já pode desligar o fogo. Se a chapa aquecer demais, irá deixar a garrafa áspera;
3 - Pegue cada peça, pressione contra a chapa e vá girando, aos poucos, até atingir o acabamento desejado;
4 - Faça o acabamento total, deixando a borda da garrafa voltar-se para dentro em cerca de 0,5 cm;
5 - Para o acabamento parcial, deixe a peça por menos tempo sobre a chapa, apenas para retirar a parte cortante.


Flor de Garrafa Pet



Material
- 1 colher (sobremesa) de massa corrida
- Garrafa PET transparente para a flor
- Garrafa PET verde para as folhas
- Tinta plástica nas cores, verde-fosco, verde-claro, azul e amarelo
- Alicate de bico
- Fita floral
- Arame fino e arame firme
- Martelo
- Prego
- Galho seco ou palito de churrasco
- Pincel
- Cola quente
- Cola branca
- Tesoura
- Lixa fina, gramatura 220
- Tampa de desodorante
- Solvente
- Papel de seda
- 1 xícara (café) de gesso
- Palito de dente



Modo de Fazer
Limpe a garrafa com um pano umedecido com solvente.
Corte o meio da garrafa verde e lixe-a, utilizando a lixa de gramatura 220.
Faça 1 molde de folha no tamanho desejado. Coloque-o sob a garrafa e corte-a seguindo o molde.
Pinte a folha com tinta plástica verde-fosco. Aguarde secar.
Com o palito de dente, desenhe as nervuras da folha, utilizando a tinta verde-claro.
Corte um círculo na garrafa verde, com cerca de 2cm de diâmetro. Pinte com a tinta verde-claro.
Passe cola branca na ponta da fita floral e enrole-a no galho seco.
Corte um círculo na garrafa transparente, com cerca de 2cm de diâmetro. Amasse um pedaço de folha de seda e encape o círculo com ele, utilizando a cola branca para colar.
Corte outro círculo na garrafa verde no mesmo tamanho do anterior. Pinte de verde e deixe secar para utilizá-lo na confecção da base da flor.
Faça um molde de pétala com cabinho em papel branco. Recorte a garrafa branca, seguindo-o. Faça várias pétalas.
Pinte as pétalas com tinta plástica amarela e aguarde secar.
Fure o centro dos 2 círculos confeccionados anteriormente, utilizando o prego. Faça 2 furos no miolo encapado e apenas 1 furo no verde.
Fure o cabinho da folha com o prego.
Com a cola quente, cole as pétalas no avesso do miolo.
Corte 8cm de arame firme.
Passe o arame pelos 2 furos feitos no miolo.
Passe o círculo verde pelo arame, dando o acabamento no fundo da flor.
Misture 1 colher (sobremesa) de massa corrida à 1 colher (café) de cola branca. Pinte o miolo da flor com esta massa.
Pinte a tampa do desodorante com a tinta plástica azul.
Separe a flor, as folhas, o galho, a fita floral e o arame fino.
Corte 5cm de arame fino.
Passe o arame no furo feito no cabinho da folha.
Prenda a folha no galho, utilizando o arame para uni-los.
Vá colocando todas as folhas confeccionadas no galho, prendendo-as com o arame.
Faça o acabamento, passando a fita floral sobre os arames expostos no galho.
Agora, fixe a flor sobre o galho, prendendo-a com o arame.
Passe cola branca na ponta da fita floral e faça o acabamento, cobrindo o arame com ela.
Coloque o gesso misturado a um pouco de água dentro da tampa de desodorante.
Encaixe o caule da flor no centro do gesso e aguarde secar.





Site: http://www.dicasdeartesanato.com.br/ntc/default.asp?Cod=434

Arte com Sementes


Material Necessário :
- bola de isopor (tamanhos variados de acordo com seu gosto e intenção de trabalho)
- pistola de cola quente (ou cola de isopor)
- se for usar a pistola, é necessário o tubo de cola de silicone.
- sementes e ervas variadas.
- verniz em spray.
- tinta acrílica nas cores das sementes ou ervas que serão usadas.


Passo a passo :
Pinte a bola de isopor com tinta acrílica semelhante à cor da semente que será usada
Cole as sementes na bola com a cola, formando círculos.
Depois de colar as sementes na bola inteira, passar verniz para garantir maior durabilidade.
Para montar o arranjo, use sua criatividade ou você pode adequar aos pratos ou centros de mesa que tem em casa.
Como variação, a bola pode ser fincada em pequenos troncos e estes presos em vasinhos com argila os quais também podem ser pintados ou forrados.
Desta forma você estará criando uma pequena árvore de sementes.


Revisteiro jornal


Materiais:
- Jornal
- Cola branca
- Cola quente
- Agulha de tricô
- Pincel
- Tinta vitral
- Tesoura
- Verniz
- Rolinho de medida
MODO DE FAZER
- Dobre o jornal em três parte iguais e corte com a tesoura.
- Pegue a agulha de tricô e um pedaço de jornal cortado e enrole formando canudos, faça vários.
- Depois pegue o rolo de medida e enrole os canudos formando rodinhas, faça várias.
- Cole um do lado do outro com cola quente.
Montagem:- Para a base faça 3 fileiras de 6 rodinhas.
- Para as laterais faça uma fileira com 6 rodinhas, uma com 5 rodinhas , uma com 4 rodinhas e 4 rodinhas menores.
- Para frente faça 6 fileiras com 4 rodinhas.
- Após montado passe uma mão de cola branca e depois de seco pinte com tinta vitral e de acabamento passe verniz.

Embalagem texturizada e reciclada


Materiais:

1 caixa de leite vazia
1 saquinho de pão
Cola branca
Tinta acrílica preta (p/ couro)
Purpurina em pasta ouro
Fita de cetim nº 1
Pincel chato Furador

Modo de fazer:
Lave bem a caixa e seque, abra o saquinho de pão amasse bem o papel fazendo uma bolinha com as mãos. Estique o papel deixando meio enrugado.
Passe cola sobre a caixa e vá enrolando o papel para cobrir as quatro laterais.
Passe a mão por cima para grudar bem o papel sobre a caixa. Cole também o fundo.
Espere secar ou agilize com o secador de cabelo.
Passe uma demão de pinta couro na cor escolhida, deixe secar novamente.
Depois com o mesmo pincel molhe na purpurina em pasta, bata um pouco para tirar o excesso, e passe levemente sobre a caixa no sentido vertical para dar a patina brilhante. Não coloque demais, pois pode ficar muito forte.
No caso das embalagens, não é necessário envernizar. Caso use esta mesma técnica em outros materiais como: vidro, lata etc. pode passar uma demão de verniz geral.
Esta técnica pode ser feita em todo o tipo de descartáveis garrafas pet, vidros, latas, cerâmicas, madeiras, caixa de sapato etc.
Em peças pequenas deve ser usado papel de pão ou papel de seda.
Em peças grandes usar jornal amassado e o resto da técnica é da mesma forma.
Recortar a caixa das várias formas possíveis, fazer os furinhos quando necessário para passar fita de cetim e quando quiser fazer o acabamento colar a fita cetim nas bordas.